Seja bem-vindo. Hoje é

19/04/04

Bruno Paixão e a expulsão

Bruno Paixão é reconhecidamente um árbitro inferior a muitos outros que apitam na superliga. Tem de facto um padrinho que o "protege".
Penso que, contudo, o seu maior defeito será a prepotência que assume dentro das 4 linhas. "Aqui mando eu!" pensará o jovem Bruno, que levará esta máxima ao limite permitindo-se desafiar as leis - não do jogo - mas do bom senso.

Poderia o Rui Jorge ter sido expulso como foi? Em rigor, penso que sim!
Já tem um cartão amarelo (se justo ou não, em nada deve influir na decisão da mostragem do 2º) pelo que deve ser mais contido em actos e jogadas...

Em abono de Bruno Paixão direi que, antes da repetição fiquei com a nítida sensação que o Rui deixa a perna para trás para travar o jogador do Boavista, cortando assim o lance de ataque. Se o árbitro apitou a falta (que se veio a verificar inexistente), acho lógico que mostre o amarelo SE foi engando pela rapidez do lance como eu

E dois amarelos equivalem a ir tomar banho mais cedo...

Contudo não creio que se tenha verificado isto.

Dá toda a sensação - mas posso estar enganado - que Bruno Paixão só mostra o amarelo bem após observar a reacção do jogador, que também teatralizou desnecessariamente. Aquela imagem do Rui a tapar boca faz-me lembrar aquela outra que está sempre a passar na televisão do Carlos Cruz a saír do tribunal, também a tapar a boca, a dizer que não pode falar.

O árbitro pode ter entendido o gesto como sendo uma discordância jocosa do seu juízo: o jogador até põe a mão na boca porque senão é que o árbitro ia ouvir poucas e boas por apitar aquela falta...

Eu não o expulsaria por causa disto. Penso até que poucos árbitros o fariam.
Mas, novamente, estou convicto de que Bruno Paixão amarela Rui Jorge e expulsa-o por pura prepotência. Não para entregar o campeonato ao Porto, nem para ajudar o Benfica nem para colaborar com o sistema nem para nada disso. Apenas para fazer de Rui Jorge um exemplo para os outros daquilo que não podem encetar perante o Sr. Árbitro Bruno Paixão.

Naquela mente egocêntrica, o gesto aparentemente inócuo do Rui foi uma afronta que não poderia ser perdoada.

E assim foi...

O Sporting tem o justo direito de se sentir lesado. Não concordo minimamente que se diga é que perdeu por causa disso e se esqueça o mérito do Boavista, as fífias do Ricardo, a expulsão do Barbosa, etc...mas quem quer ver o resto vê e quem não quer não vê.

* PLO *
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista