Seja bem-vindo. Hoje é

27/02/06

Sistema 1-0 FC Porto

Toda a violência que aconteceu antes, durante e no fim do jogo do galinheiro, todo o aparato em torno dos gorilas que proibiram o presidente do FC Porto de descer ao relvado e falar aos jornalistas, a arbitragem e a alegria do benfiquista Cunha Leal, fizeram-me recordar os gloriosos tempos da outra senhora e deram-me vontade de lembrar mais uma vez que a Sad do Porto e principalmente o seu presidente não podem continuar calados como se estivessem com medo da PIDE.

Eu sei que é uma luta desigual e a PIDE dos tempos modernos está à escuta e aproveita cada palavra para actuar mas que raio...ficamos a ganhar se não lutarmos mesmo que as armas sejam diferentes?

Se eles podem usar os telemóveis por não os terem sob escuta e nós não, então usemos os jornais. E se eles podem usar as primeiras páginas e nós não, então usemos as segundas, terceiras, ou quartas páginas ou a rádio ou a televisão ou os pombos correios...temos é de usar algo para fazer valer a nossa voz. Calados é que não porque quem cala consente!

Mas não foi por isso que o FC Porto perdeu embora a violência e a arbitragem também tenham ajudado.

Violência que aconteceu fora mas também dentro das quatro linhas logo aos 9 minutos numa entrada a matar de Léo sobre McCarthy mesmo nas barbas do árbitro assistente que, como seria de esperar, fez de conta que não viu. Assim como não viu as entradas assassinas do Petit que mais uma vez conseguiu a proeza de acabar um jogo sem ser expulso.

Agora a Sad do FC Porto vai fazer queixa do(s) jogador(es) à Liga que vai precisar de bastante tempo para aplicar o sumarissimo porque os sumarissimos a jogadores do Benfica precisam de tempo para serem aplicados e vai castigar o(s) jogador(es) num jogo para a taça de Oeiras ou então nem o(s) castiga. Tudo normal.

Assim como também são normais os pontos perdidos frente a candidatos à Uefa desde que Adriaanse tomou conta da equipa. Coincidências? Não. Como também não é nenhuma coincidência que nestes jogos assim como nos jogos da Liga dos Campeões tenhamos visto os melhores jogadores da equipa actuarem abaixo do seu real valor.

Que é que o treinador lhes diz na semana que antecede os jogos para que eles entrem em campo como se estivessem a jogar pela primeira vez na primeira liga? Mesmo os mais experientes parecem juniores acabados de subir à equipa principal! Porquê? De quem é a culpa? Será dos jogadores? Dos adeptos? Dos lenços brancos que os lampiões mostraram no Dragão? Do carro do treinador? Claro que não.

A culpa é apenas de Adriaanse que, como já aqui escrevi várias vezes é o treinador mais corajoso que conheço, só que a coragem, ou se quiserem, apenas a coragem não vence jogos.

José Mourinho para moralizar os jogadores chegava a colar recortes de jornais na parede e pontapeava todo o balneário sempre que achava necessário e isso punha os jogadores prontos para a luta porque é disso que se trata, de uma luta.

Adriaanse pelo contrário deve ser mais do estilo de oferecer túlipas e não admira que os jogadores pareçam umas Marias Amélias dentro do campo. E depois quando perde mete os jogadores no banco no próximo jogo ou diz-lhes que não conta com eles ou mais grave ainda, envia-os para o estrangeiro por terem culpas na derrota. Claro...se ele nunca é culpado de nada, alguém há-de ser.

E com esta brincadeira vamos isolados na frente e isso é o mais importante.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista