Seja bem-vindo. Hoje é

26/03/06

Mas isto tem lógica?

Parece que a defesa de Jacinto Paixão se lembrou de chamar os dirigentes e jogadores do Sporting como testemunhas de defesa para demonstrar que os erros de Olegário Benquerença no FC Porto-Sporting para a Taça de Portugal foram muito mais graves do que os cometidos pelo ex-juiz alentejano no E. Amadora-FC Porto que consta no processo. Penso que pior do que esse jogo existiram centenas nas últimas épocas e por isso não entendo porque razão escolheram o jogo do Dragão que está mais que provado, os erros não são tão graves como alguns diziam e não foi de certeza o mais polémico da época. Se queriam provar alguma coisa e eu acho bem que o façam, porquê este jogo? Será que não costumam acompanhar o campeonato português? Ou querem provar que também existem enganos da parte de quem analisa as arbitragens? Talvez...de qualquer maneira deixo aqui três jogos, apenas três para que este post não fique muito longo, em que as arbitragens foram no minimo ridiculas.

ÉPOCA 2004.05
Benfica - Oliveirense - Árbitros: Bruno Paixão (Setúbal) e os auxiliares Nuno Roque e Paulo Ramos
Para recordar um pouco, o Benfica venceu apenas no prolongamento depois de ter beneficiado de três (3) grandes penalidades e duas expulsões dos jogadores da Oliveirense, Raul e Armando para além de outros favores.

Estoril - Benfica - Árbitros: Hélio Santos (Lisboa) e os auxiliares Devesa Neto (o tal do jantar do Sapo) e Valter Oliveira
Por muito que a defesa de Jacinto Paixão corra e salte não encontra outro jogo que tenha tido tantos casos como este mas vamos por pontos:

1° A mudança do Estádio foi "uma oportunidade para os muitos benfiquistas do Algarve poderem assistir ao vivo a uma actuação da equipa profissional do Benfica" segundo palavras do presidente da Sad do Estoril e sócio do Benfica, António Figueiredo. Não tinham outro motivo porque para eles este chegava. De notar que o Estoril em casa tinham conseguido ganhar 21 dos 26 pontos que tinha na altura em que recebeu o Benfica e portanto seria normal que a equipa tivesse interesse em receber o Benfica no recinto onde tinha conquistado a larga maioria dos pontos até porque havia o risco de descerem de divisão como aliás veio a acontecer.

2° Os convites para jantar que o primo do Veiga fez a alguns jogadores do Estoril na semana do jogo como os próprios jogadores fizeram questão de denunciar aos seus dirigentes e treinadores que imediatamente fizeram queixa à Liga. Os treinadores, porque os dirigentes acharam os convites normais.

3° As chuteiras que o árbitro foi pedir emprestadas ao balneário do Benfica antes do jogo começar. Falta saber se foram apenas as chuteiras ou pediu mais alguma coisa.

4° As expulsões no minimo anormais de Rui Duarte, João Paulo e dos dois adjuntos de Litos, o penaltie não assinalado por falta de Ricardo Rocha e a falta que não existe e que dá origem ao golo de Luisão.

5° As ameaças de Veiga, na altura dirigente do Benfica e accionista maioritário da Sad do Estoril embora tenha tentado esconder este facto, no final do jogo dizendo aos treinadores do Estoril para não fazerem barulho caso contrário seriam despedidos no final da época. Como eles não se calaram foi isso que aconteceu.

ÉPOCA 2005.06
Sporting - U. Leiria Árbitros: Augusto Duarte (Braga) e os auxiliares José Ramalho e António Neiva.

Mais palavras para quê? Só para dizer que nenhum dos quatro árbitros presentes no Estádio "viu" que a bola tinha entrado na baliza.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista