Seja bem-vindo. Hoje é

18/02/14

As verdades de que a Liga gosta

Há quatro anos não houve "stewards" provocadores e agora não houve delegados a borrifar-se para os horários Em 2010, a Comissão Disciplinar de Ricardo Costa achou irrelevante, e até negou, que, no campeonato profissional que ela tinha o dever de policiar, existissem "stewards" provocadores. Juntamente com a sentença do caso do túnel, que condenou futebolistas e ex-futebolistas do FC Porto por agressão, o Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa deu agora como demonstrada "a atitude provocatória" que antes era fantasia. Hulk, Sapunaru e os demais foram os infratores naquele episódio, muito para lá do desculpável, mas também foram vítimas, e vítimas especiais, porque os jogadores têm de ser prioritários. A Liga Portuguesa de Futebol Profissional representa todos os clubes e todos os jogadores. Os simpáticos, os antipáticos, os cosmopolitas, os provincianos, os que querem centralizar os direitos TV e os que não querem, os amarelos, os lilases e os cor de burro quando foge. Não obstante, a CD de Ricardo Costa nem olhou segunda vez para o assunto, o que justifica a pergunta: por que razão, ou com que objetivo, viu apenas uma parte das circunstâncias? Quatro anos mais tarde, a filha estrábica dessa CD - a Comissão de Inquéritos - olhou para o relatório dos delegados ao jogo FC Porto-Marítimo e só viu a adenda que a Liga os mandou acrescentar. Pôr os delegados a fazer uma adenda ao relatório original, na qual fingem ter dado à pontualidade uma importância que na verdade não deram, é fabricação, e dar mais importância a essa adenda do que ao que foi relatado antes de haver influência externa é desrespeito pelos direitos de um clube e pelo dever de neutralidade. Mais uma vez, com que objetivo? O de acabar com a impunidade ou o de aparvalhar a Justiça? José Manuel Ribeiro n'O Jogo
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista