Seja bem-vindo. Hoje é

11/09/10

Mal habituados

Na época passada, mais ou menos por esta altura, o jornal oficial do Benfica (A Bola) fez uma capa onde se podia ler em letras tamanho XXL que a direcção e a equipa técnica do Benfica prometiam que a partir daquele dia não iam criticar as arbitragens. E, ao contrário do que é normal para aquelas bandas, cumpriram o que prometeram.

Também, verdade se diga que não éra dificil já que os dois melhores jogadores do Benfica na época passada, Herminio Loureiro e Ricardo Costa, estavam em grande forma e resolviam todos os problemas. Basta vermos a quantidade de jogadores adversários que foram expulsos para percebermos que não éra normal o que se estava a passar na arbitragem portuguesa. Assim como também não foi normal quando nos roubaram o Hulk e o Sapunaru durante dezoito jornadas.

No jornal de Notícias saiu uma crónica (peço desculpa mas já não me lembro quem a escreveu) que dizia isto:
O que se passa é que se o Benfica não é campeão esta época, vai ser o descalabro total. Acabou-se a margem de manobra e de outras manobras menos limpas como a produção editorial. O desespero dos seus dirigentes e dos seus credores transmitiu-se aos adeptos e aos amigos da Comunicação Social. Todos serão poucos para levar o Benfica ao colo até ao título e atrevo-me a dizer que escusam de estar descansados, porque parece-me que todos serão impotentes para travar a queda vertiginosa no abismo que tem representado o consulado benfiquista do ex-presidente do Alverca.

E lá venceram o campeonato. No entanto, tal como previa o autor da crónica, as contas continuam a ser péssimas. O que é normal já que o Benfica tem muitos gastos e os favores custam muito dinheiro. E o clube ainda tem de aturar um presidente que de quase nada chegou a um dos homens mais ricos de Portugal. À custa, claro, dos milhões de cinco ou seis transferências de jogadores que foram engavetadas pelo MP de Lisboa e de outros negócios escuros. E por isso não é de admirar que o clube que mais adeptos e fontes de receita tem em Portugal (pelo menos é o que eles dizem), seja ao mesmo tempo, a par do vizinho da segunda circular, o que tem o maior passivo.

Sendo assim, esta época os dirigentes e credores continuam desesperados e a comunicação social e os seus adeptos continuam a sentir isso. E querem continuar a vencer a todo o custo.

O problema é que os dois craques do clube abandonaram a Liga, os corredores do edificio ganharam claridade e os lamps ficaram entregues às leis do jogo. Assim, se esquecermos o jogo da Supertaça onde o roubo do metralha de Setúbal foi de Catedral, vemos que esta época os golos em fora-de-jogo começaram a ser invalidados, as faltas já são castigadas, os cartões amarelos saiem dos bolsos dos árbitros...e apenas a maioria dos cartões vermelhos continuam esquecidos mas o critério que está a ser seguido é o correcto e, mais tarde ou mais cedo, jogadores como David Luís ou Cardoso acabarão por ter o castigo que já andam a merecer à muito tempo.

E eles sabem disso. E não gostam. E por isso andam nervosos, quase histéricos. Mas vão ter de continuar assim porque a Liga portuguesa só poderá ser considerada uma das melhores da europa quando alguns árbitros e dirigentes não fizerem as coisas por outro lado.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista