Seja bem-vindo. Hoje é

04/02/11

Sobre o jogo da triste tacinha de Oeiras

Quem passa por aqui sabe que não gosto desta competição. Faz-me lembrar a gloriosa ditadura e como detesto ditaduras...Nem da tacinha da Liga mas por outros motivos.

Acredito que o Mágico Porto tem duas provas para vencer esta época: o Campeonato e a Liga Europa, embora a segunda tenha um grau de dificuldade elevado.

Mas contra o clube do cadastrado nem a feijões gosto de perder. E se a nossa equipa entrar sem chama, sem alegria, sem orgulho e sem vontade de vencer, pior ainda. Enfim, foi triste demais para ser verdade.

Mas para além da equipa, o que me deixou fodido foi ver que os adeptos do Mágico continuam com as armas apontadas ao treinador. Uma derrota e levou com eles como outros treinadores levaram no passado.

André Villas-Boas errou? Penso que sim, afinal de contas o homem é humano. Também costumo errar imensas vezes e por isso não lhe vou atirar pedras.

Até porque é provável que o treinador do FC Porto tenha errado menos do que pensamos. É que as ausências do Fucile e do Walter podem não ser tão anormais como podem parecer.

O primeiro é um óptimo jogador mas fez asneira sempre que entrou esta época. Não se esqueçam que já perdemos pontos por causa dele. Quem nos garante que o mesmo não voltaria a acontecer?

Quanto ao brasileiro, se costumam passar por aqui já conhecem a minha opinião mas vou repetir-me para dizer que não penso que ele esteja a merecer a titularidade. Cheguei mesmo a fazer um post onde pedi para a Sad contratar um novo avançado. Infelizmente tal não aconteceu. Walter pode ser muito útil no futuro já que nota-se que tem veia goleadora mas neste momento atrapanha mais do que joga. Aliás, não foi por acaso que os adeptos não pediram a sua titularidade nos jogos anteriores.

Normal. O incrivel Hulk marcava, o FC Porto vencia e o Walter não fazia falta. Desta vez perdemos e todos se lembraram dele. Confesso que também me lembrei.

A única diferença é que nunca esqueci uma certa história que passo a contar. Aconteceu no saudoso estádio das Antas. O treinador da altura tirou o André (lembram-se do carregador de piano?) num jogo contra o Rio Ave, por sinal o nosso próximo adversário, e o estádio inteiro assobiou a substituição. Eu estava a ver o jogo no tribunal e também não percebi porque razão tinha saido o melhor jogador em campo. Foi apenas no dia seguinte ao ler os jornais que soube que o André estava tocado e tinha pedido para sair.

É por isso que não gosto de criticar. Mas tudo bem, o Mágico Porto podia e devia ter ganho com ou sem Fucile e Walter. Somos muito superiores e não é por acaso que os lamps estão em festa. Aliás, para eles uma vitória diante do FC Porto, mesmo num jogo de péssima qualidade e com uma arbitragem miserável (mais uma!), tem a mesma importância que uma vitória do nosso clube diante do Barcelona. E como devem compreender isso deixa-me satisfeito.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista