Seja bem-vindo. Hoje é

20/10/06

O grande e os outros

  • A moda do quarto grande não é de agora porque o Belenenses e o Boavista em épocas distintas já sofreram dessa doença que agora alguns iluminados querem diagnosticar ao Braga. No entanto, se em Belém e no Bessa já se festejaram campeonatos, em Braga apenas se festejaram os campeonatos do Benfica, Sporting e FC Porto e chamarem grande a um clube que nunca foi campeão é no minimo incompreensível. Até porque se formos somar os resultados dos últimos vinte anos no campeonato português e nas provas europeias, em Portugal existe apenas um verdadeiramente grande, FC Porto, dois mais pequenos, Benfica e Sporting, e um ainda mais pequeno, Boavista. O resto é paisagem.

  • Como não lhes bastava os problemas que têm tido no departamento médico, o Benfica voltou a mostrar uma organização que faz lembrar o clube do meu bairro ao esquecerem-se de pedir bilhetes para o jogo do Dragão e agora querem que o FC Porto feche os olhos a tanta falta de profissionalismo. Enfim, se fosse comigo tinham manguitos porque ainda não esqueci a maneira como eles enlataram na Luz 3000 adeptos portistas num espaço em que cabiam apenas 1008, mas caso a Sad portista continue com a moleza das últimas épocas o mais certo é fazerem-lhes a vontade para que os lamps possam partir mais umas cadeiras do estádio e o Luís Filipe Vieira possa aparecer na televisão para dizer que lhe deixaram outro dossiê à porta.

  • Acabei de encontrar esta notícia do jornal O Jogo de 14 Outubro 2006 no blog do José:

    FC Porto reduz passivo em 11,5 milhões de euros

    Na Assembleia Geral marcada para o próximo dia 27, o FC Porto vai apresentar as contas do exercício respeitante à época de 2005/06, destacando-se, entre as várias parcelas, a redução do passivo em 11,5 milhões de euros. No momento em que encerrou o exercício em questão, a 30 de Junho de 2006, o passivo do clube estava calculado em 44,6 milhões de euros, menos de metade do que o apurado dois anos antes, em 2004: 119,6 milhões de euros.

    Relativamente aos resultados líquidos, outra das alíneas que estará sujeita a apreciação no dia 27, há um défice de 3,3 milhões de euros, inferior, ainda assim, aos 4,3 milhões de euros negativos apurados no ano passado. Refira-se que o resultado líquido é penalizado em cerca de 2,3 milhões de euros por causa da contabilização de encargos financeiros que suportaram o Project Finance do Estádio do Dragão, parcela que se repetirá nos dois próximos exercícios. A exploração corrente do ano em análise apresenta também um milhão de euros de prejuízo, valor idêntico ao do último exercício. Em capitais próprios, o FC Porto contabiliza, de momento, 110 milhões de euros.
  • Enviar um comentário

    Pesquisar neste blogue

    Mensagens populares

    Subscrever / Email

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner

    Subscribe to PORTOGAL by Email

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
    Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
    tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista