Seja bem-vindo. Hoje é

29/10/06

O terrível minuto 24

Já vejo clássicos entre o Porto e o Benfica há muitos anos e não me lembro de ter alguma vez visto vinte minutos como os de ontem em que, caso os jogadores encarnados tivessem penas de certeza que ficavam com elas esturricadas com o fogo do Dragão. Não foi portanto de admirar que depressa nos vissemos a vencer por 2-0 com dois golos a coroarem duas boas exibições de Hélder Postiga e Ricardo Quaresma. Mas quando a equipa e os adeptos portistas se preparavam para uma goleada surge o terrível minuto 24 e a entrada violenta do "assassino" Katsouranis que Lucílio por medo ou por amor não viu ou não quiz ver, ele e os outros três elementos da equipa de arbitragem que deixaram que uma falta merecedora de cartão amarelo (no minimo) fosse branqueada em lançamento lateral.

Poucos segundos depois, Andersom abandonava o terreno de jogo e, tanto a equipa como os adeptos resolveram fazer o mesmo só regressando no golo milagroso de Bruno Morais. Até porque Jesualdo Ferreira voltou a errar - como tinha feito em Alvalade - ao fazer jogar na mesma equipa Raul Meireles e Paulo Assunção. Para começar a segurar o resultado quando estavam decorridos apenas 24 minutos de jogo?

Conclusão: Katsouranis, Lucílio Baptista e Jesualdo Ferreira complicaram um jogo que parecia ser fácil demais mas que valeu pelos primeiros vinte minutos mágicos de Anderson e do resto da equipa, pela entrada mais que tardia de Bruno Moraes e pelos três pontos que tanto jeito nos vão fazer nas contas finais.

Quando até n'A Bola contestam o árbitro...

LUCÍLIO BAPTISTA (6)
Acompanhou bem os lances e tecnicamente situou-se em plano elevado. Falhanço, porém, no capítulo disciplinar, poupando amarelos sabe-se lá porquê. Katsouranis teve entrada violenta sobre Anderson, na primeira parte, e Petit sobre Quaresma, na segunda. Em ambos os lances o cartão amarelo ficou por mostrar. E não foi apenas aqui...

Antena 1 - Final do jogo

Entrevistas aos adeptos que saíam do Estádio:

- Estou a ver uma senhora com um cachecol vermelho acompanhada de dois senhores, vou falar com ela...Desculpe, a senhora está com um cachecol do Benfica...não teve problemas com os adeptos do Porto?

- Eu? Nada! Cinco estrelas! Estava sozinha na bancada mas ninguém se meteu comigo.

- Não estava sózinha, tinha estes dois senhores à sua beira.

- Com um cachecol do Benfica éra a única porque eles tiveram medo de vir com algo que os identificasse como benfiquistas mas eu não. E fiz bem porque ninguém se meteu comigo. Só foi pena o resultado porque o Benfica não merecia perder.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista