Seja bem-vindo. Hoje é

02/11/06

24 horas depois, o que falta dizer?

Quando a cabeça está noutro sítio, o blog é que paga, ou por outras palavras quando não se pode escrever a horas decentes o que nos vai na alma, depois faz-se tarde porque já quase tudo foi escrito. No entanto, com um pouco de boa vontade encontra-se sempre algo para apresentar e começando pelo fim vou recordar o título do meu último post. "Por mim, por vocês, por aqueles que ficaram cá, pela nossa equipa, pelo nosso clube" já que os jogadores do nosso mágico Porto fizeram-nos a vontade e venceram na Alemanha tendo com isso assegurado no minimo a presença na Taça Uefa. E que bom seria reviver Sevilha! Mas ainda não chegamos aí e com a vitória folgada em Hamburgo demos três passos em frente na corrida ao primeiro lugar do grupo G da Champions porque mesmo jogando desfalcados da "estrela da companhia" (Anderson), os portistas surpreenderam com Jesualdo Ferreira a prescindir de Marek Cech e a fazer entrar Bosingwa (que esteve castigado por motivos disciplinares) para a direita e encostando Fucile na esquerda da defesa portista. Mas deixem-me realçar o miúdo Fucile. Que grande jogador. Mesmo enviado para o lado esquerdo da defesa, o miudo fez um grande jogo, cheio de personalidade que muito me agradou. Mesmo com o regresso do Zé à defesa e com um grande jogo, não sei quem esolheria. Estou perfeitamente rendido às qualidades do miudo Uruguaio. Por falar nisso, tenho visto algumas criticas pelo facto do Porto tremer um pouco quando se encontra a vencer. Aconteceu curiosamente depois dos segundos golos, frente ao Sistema Lucílio Baptista (SLB) e frente ao Hamburgo, mas não nos podemos esquecer que existe um projecto no clube que aposta em jogadores jovens e de qualidade que no entanto sofrem um pouco com a falta de experiência em momentos chaves dos encontros. Nada que o tempo e os minutos nas pernas não resolvam porque é com tempo e com oportunidades que os craques se formam.
Voltando ao jogo, a vitória do FC Porto começou a desenhar-se com uma bomba para a eternidade de Lucho que sem deixar caír a bola no chão, encheu o pé. Que estrondo! Grande golo. Estava dado o primeiro passo. Com classe de Dragão.
Num jogo em fomos melhores, criámos mais oportunidades, fomos mais equipa. Tivemos apenas uma fase má, que se seguiu curiosamente ao nosso 2-0 porque no minuto seguinte num cruzamento para a nossa defensiva, Van der Vaart reduz a vantagem para 1-2, num excelente e bem colocado cabeceamento que não dá qualquer hipótese de defesa a Helton. Foi um balde de água fria para os cerca de dois mil portistas que na bancada se faziam ouvir (parabéns porto1969!) e os momentos que se seguiram ao golo dos alemães foram de alguma ansiedade, já que lhes rejuvenesceu a esperança. Mas o FCPorto teve a capacidade de sofrimento suficiente para manter o resultado e ainda pôr em sentido a equipa germânica com contra-ataques perigosos. Foi então que Jesualdo Ferreira refrescou o ataque com Bruno Moraes e o meio-campo ofensivo com Jorginho. Estariam ambos no último golo da partida, a colocar um ponto final na discussão.


Melhor jogador em campo - Ricardo Quaresma: Jogo fantástico de Quaresma! Uma exibição à extremo, sem tiques de vedetismo, previligiando o jogo de equipa, procurando a linha, ganhando metros aos adversários, assistindo os companheiros e com um par de boas situações para fazer o golo! Assim ele é o "Nosso" Quaresma... e que jeito nos faz agora que Anderson está de baixa por alguns meses!

Em grande estiveram também o Lisandro, o Quaresma e o Bruno Moraes, em quem deposito enormes esperanças.

Jesualdo Ferreira: é de salientar que o professoar está a fazer um bom trabalho, mostrando que tem inteligência para saber no decorrer do jogo as falhas. Com o Adriaanse não acontecia. Ah! E mais, golos... qual é o espanto de se verificar que marcamos mais do que na época passada e são os avançados que temos a facturar.

Vitória importantíssima e justa do Futebol Clube do Porto, que assegura desde já pelo menos o 3º lugar. O próximo jogo é na Rússia contra os líderes e indefensáveis do CSKA. Fizeram 4 jogos e ainda não sofreram qualquer golo!!

Para todos aqueles que como eu se lembram do espírito de outrora...o jogo de ontem serviu para nos lembrar as grandes noites europeias por isso gostei. Sinto orgulho em ser portista!

"Se não comprarmos um bom avançado, continuaremos a jogar bonito e a perder"

E como tudo na vida tem um fim embora existam coisas que nunca deviam acabar, este post fica por aqui porque está na hora do jantar e tratar das férias do próximo verão que, e ainda é um sonho, podem vir a passar-se na Madeira.
Então até amanhã e façam o favor de ser felizes. ;)
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista