Seja bem-vindo. Hoje é

04/11/06

Porque hoje é sábado...

Há dias, em entrevista à televisão australiana “SBS”, o presidente da Fifa pediu desculpas aos australianos pela eliminação da sua selecção no Campeonato do Mundo. Como estão recordados, em jogo a contar para os oitavos-de-final, a Itália venceu a Austrália após um pénalti mais que duvidoso assinalado pelo espanhol Luis Medina Cantalejo já no periodo de descontos. Mais tarde, a squadra azzurra viria a sagrar-se Campeã do Mundo vencendo na final a França e por isso ficaram ofendidos com as afirmações de Blatter tendo obrigado a Fifa a fazer um pedido de desculpas público. Mas será que Blatter não teve razão nas afirmações que fez? Revejam este estudo realizado pelo ABN Amro cerca de três meses do início do Campeonato do Mundo na Alemanha:

Italia vai ser vecedora do mundial 2006

A economia mundial sairá mais beneficiada se a Itália vencer o Campeonato do Mundo de Futebol.
O campeonato realiza-se a na Alemanha entre 9 de Junho e 9 de Julho e as conclusões são de um estudo elaborado por economistas do ABN Amro.

O «Soccernomics 2006» é o terceiro estudo realizado pelo departamento económico do banco holandês sobre as maiores competições de futebol.

A cerca de três meses do início do Campeonato do Mundo na Alemanha, o estudo avança com previsões sobre qual o país que beneficiaria mais a economia mundial caso a sua equipa ganhasse o campeonato do mundo de futebol e, neste caso, é a Itália.

«Apesar de o impacto económico directo (aumento de vendas em bares e cafés) ser marginal, bons desempenhos no relvado poderão certamente estimular a economia», refere a nota divulgada pelo ABN Amro.

No passado, os países cujas equipas venceram o Campeonato do Mundo viram o seu crescimento económico aumentar 0,7%, acrescenta o comunicado.

«E pelo menos nos últimos três torneios, o mercado de capitais do país vencedor teve uma performance claramente superior ao do finalista derrotado», referem os economistas do ABN Amro no mesmo estudo.

Em média «houve um efeito 10% positivo no vencedor e 25% negativo no perdedor», adiantam.

«A economia italiana está prejudicada por um mercado e trabalho inflexível e pela deterioração da concorrência», afirmou Charles Kalshoven do departamento económico do ABN Amro.

«Uma vitória italiana no Campeonato do Mundo iria impulsionar a confiança dos consumidores e dos industriais e, assim, levar a maiores gastos e investimentos», acrescentou, referindo ainda que o 'Made in Italy' poderá recolher mais benefícios no estrangeiro.

Para Charles Kalshoven «isto poderá muito bem puxar pelo crescimento económico, o qual poderá então dar margem ao governo para introduzir reformas económicas».

A «final económica» do campeonato do mundo deste ano segundo «Soccernomics» deverá ser entre a Alemanha e a Itália, com os italianos a levarem o troféu para casa.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista