Seja bem-vindo. Hoje é

19/08/08

Glorioso desporto português

Neste espaço costumo escrever sobre o glorioso futebol português do qual, felizmente, não faz parte o FC Porto. Hoje, apetece-me alargar o leque e dar destaque ao, não menos glorioso, desporto português. Até porque não é por acaso que os resultados em Pequim estão a ser tão...normais.

Fui dar uma vista de olhos pelo quadro de medalhas e reparei que Portugal faz parte de um grupo que está classificado no 56º lugar (equivalente a uma medalha de prata) e de onde fazem parte grandes potências do desporto mundial como a Estónia, Equador, Malásia, Vietname, Trinidad e Tobago ou Singapura. Melhor classificação éra impossivel. Aliás, só para termos uma pequena ideia de como estamos valorizados, a Arménia está no 65º posto com cinco medalhas - de bronze, certo, mas cinco!

Dizem que Portugal não tem desporto escolar. Eu diria que não tem desporto. Ok, estou farto de saber que temos muitos clubes federados que tentam dar aos seus atletas as melhores condições para que eles possam evoluir e estar ao nivel do que se faz por esse mundo fora. Diria mesmo que temos clubes a mais, mas será que isso basta? Fazendo a pergunta de outra maneira, será que os dirigentes que estão à frente das várias federações fazem tudo o que podem para ajudar os clubes e, dessa maneira, melhorar o desporto em Portugal? Tenho a certeza que não.

Podia dar vários exemplos mas como estamos em plena volta a Portugal vou, mais uma vez, escrever sobre ciclismo. Por exemplo, quando um clube (LA-MSS) não tem nenhum atleta acusado de doping e, no entanto, está proibido de competir na volta, será que os dirigentes que estão à frente da prova máxima da velocipedia nacional estão a melhorar o ciclismo português? É verdade que, numa investigação policial, foram encontrados produtos dopantes e isso deve ser sempre condenável, sejam quais forem os clubes, mas a PAD deu como motivo a “suspeição de dopagem organizada, relacionados com a equipa em questão”. E devido à suspeição todos os ciclistas foram condenados pela organização da volta a Portugal. Será que isso é compreensível? Não creio, até porque num passado muito recente um outro clube (Benfica) teve, no espaço de algumas semanas, cinco atletas de quatro modalidades diferentes acusados de doping e não foi castigado. Só no ciclismo foram acusados de doping dois atletas do Benfica! Acusados, não suspeitos. E por isso a equipa foi proibida de competir no Tour. Já o mesmo não aconteceu na volta a Portugal. Será que isto é desporto? Mais grave ainda, a pessoa que está à frente da PAD/Lagos Sports, empresa organizadora da Volta a Portugal, a tal que proibiu a LA-MSS de correr, é a mesma que patrocina o Benfica, ou se quiserem, a Benfica-Lagos Bike. E por isso, enquanto faz de conta que está na volta com isenção, vai pensando no investimento de mais de 1 milhão de euros que ele fez no ciclismo benfiquista. Volto a repetir, será que isto é desporto?

Podem ler mais sobre a volta a Portugal da pouca vergonha no Sou portista com muito orgulho
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista