Seja bem-vindo. Hoje é

08/12/09

Diego Souza


Uma das novelas que alimentou o circo benfiquista em 2005, logo a seguir ao campeonato que eles venceram com a ajuda do maior escândalo do futebol português desde o 25 de Abril, o jogo da batota algarvia, foi a chegada de Diego Souza ao Benfica. Na altura, o jogador dizia que tinha assinado um contrato com o Benfica mas Luís Filipe Vieira não confirmava e José Veiga, na altura empresário e dirigente do clube, ameaçava com a saída por sentir que estava a ser ultrapassado por Jorge Mendes.

Não contamos com ele portanto nem vale a pena falar mais disso. Se vier, entra por uma porta e saio por outra. A resposta de José veiga não deixava margem para dúvidas.

Do Record: A aquisição do passe de Diego (1,3 milhões de euros) foi negociada por Jorge Mendes, em conjunto com o representante do atleta, Eduardo Uram. Antes de viajar para a Europa, o centro-campista disse que, após a participação no Mundial de Sub-20, o seu destino seria a Luz. “Sei que sou do Benfica. Tenho contrato assinado pelo clube e não tem mais como mudar isso. Já assinei...” Uma bota para Vieira e Veiga descalçarem.

Quanto a Luís Filipe Vieira, via fantasmas en todo o lado como é normal nele. Não disse que Pinto da Costa tinha algo a ver com a «guerra» entre ele e José Veiga mas andou lá perto. Fomos campeões muito graças ao José Veiga que foi a pedra principal e basilar na mudança de mentalidade dentro do clube. Ninguém vai separar-nos e quanto mais nos ferirem mais iremos unir-nos. Enfim, é o circo no seu melhor.

E Diego Souza, coitado, pensava que naquele clube os contratos são feitos para serem cumpridos. Conheço o problema, mas não tenho nada a ver com os dois. Vou para o Benfica para jogar futebol. A briga é entre eles, mas acho que isso não vai ser um problema.

Mas foi. E por isso bateu com o nariz na porta e foi emprestado a um clube brasileiro. Ou seja, no lugar de José Veiga, foi o brasileiro que entrou por uma porta e saíu por outra. O contrato éra de cinco anos mas não esteve mais de cinco dias na Luz.

Mais uma vez o Benfica não soube aproveitar um bom jogador. Naquele clube isso é normal e ainda bem que assim acontece. Porque Diego Souza, o maestro como lhe chamam os adeptos do Palmeiras, tem feito boas épocas no Brasil e acaba mesmo de ser a grande figura do campeonato brasileiro em 2009. Por falar nisso, como não podemos ter o Deco no FC Porto, talvez não fosse má ideia irem buscar o maestro do Palmeiras.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista