Seja bem-vindo. Hoje é

11/11/10

O julgamento de Rio

Já aqui o afirmei e volto a repetir-me. Por vezes tenho a impressão que muitos portistas e portuenses gostam de sofrer. Por exemplo, quando assistem, todas as semanas, aos programas desportivos que não são mais do que agentes de propaganda benfiquista e anti-portista ou quando elegem Rui Rio, um dos muitos inimigos do FC Porto. Vem este pequeno desabafo a propósito de uma notícia que teve pouco ou nenhum impacto em alguma imprensa e da crónica de Manuel Tavares no jornal O Jogo de hoje onde o jornalista comenta a notícia. Aqui está ela:

O julgamento de Rio

Já poucos se recordarão que o processo ontem concluído em tribunal com uma sentença que iliba o FC Porto e o antigo presidente da Câmara do Porto, Nuno Cardoso, de qualquer ilícito penal, ou outro, no chamado Plano de Pormenor das Antas, teve origem na campanha política que Rui Rio liderou.

Percebe-se, agora, que mais do que dúvidas reais sobre os termos em que foram feitas permutas de terrenos ou se avaliou volumetrias, o que conduziu Rio foi evidentemente uma linha de política que visava afrontar e também afirmar-se contra Pinto da Costa e contra o PS de Fernando Gomes, que o presidente do FC Porto apoiou.

Hoje, em tempos de vacas magras para o país e mais ainda para a região Norte, volta a ouvir-se o discurso da necessidade de trazer à boca de cena as marcas mais valiosas como a do FC Porto ou a do Vinho do Porto, como condição indispensável para impedir que a cidade se afunde no marasmo da imobilidade de várias raízes e matizes.

E esta realidade terá, mais cedo ou mais tarde, de ter também o seu julgamento, não em tribunal mas nas urnas. Porque, na verdade, para além de ter objectivamente denegrido uma instituição enorme da cidade, o que Rui Rio mostrou até agora é que não teve alternativa credível para o desenvolvimento sustentável do Porto. É verdade que as contas estarão contabilisticamente mais equilibradas, mas, se virmos bem, não há obra nova mais visível no Porto que justamente a nova Antas, em torno do Dragão.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista