Seja bem-vindo. Hoje é

20/11/11

Tenha um gesto de humildade e demita-se!

  • Quando André Villas-Boas aceitou a proposta irrecusável do Chelsea, a Sad do FC Porto viu-se com um problema inesperado. Quem poderia ficar com a cadeira de sonho de um treinador que venceu tudo o que quiz vencer? A resposta foi rápida e lógica: O seu adjunto.

    Vitor Pereira conhecia a equipa como nenhum outro treinador e podia seguir o mesmo rumo vencedor. E seguiu ao vencer a Supertaça portuguesa num jogo contra uma equipa que tinhamos goleado na final de Oeiras. Depois perdeu, normalmente, a Supertaça europeia contra a melhor equipa do mundo. Algo normal, os jogadores e os adeptos não ficaram afectados até porque a equipa de arbitragem foi o 12° jogador do Barça para alegria do mafioso Platini.

    Por outro lado, ainda hoje não entendo porque razão se pagaram viagens e estadias a jogadores que tinham lugar no onze titular para depois ficarem a ver o jogo junto ao tunel de acesso aos balneários. E Guarin a ponta-de-lança depois da saída de Kléber? Enfim, os tempos éram de apoio ao novo treinador porque, como diria a minha avó, Roma e Pavia não se fizeram num dia, e isso éram pequenos erros que não abalavam a confiança que tinha nesta equipa.

    No entanto, com os jogos as exibições foram piorando. O empate em Aveiro e, novamente, a saída de Kléber de um jogo em que estavamos obrigados a vencer foi algo inacreditável. Antes e depois desse jogo continuaram a existir outras opções que nunca chegarei a entender. A ausência de Walter da Liga dos Campeões é flagrante.

    É verdade que todas as equipas têm momentos menos bons. Também é verdade que, por esse motivo, sempre gostei de dar o beneficio da duvida aos treinadores do Mágico Porto. No entanto, já critiquei várias vezes o treinador actual porque, ao contrário de quase todas as outras épocas, esta apenas tem tido momentos menos bons desde a final do Mónaco. Ainda não a vi fazer uma grande exibição! Só me lembro de uma época parecida e na altura o lavrador de Palmela estava à frente da equipa. Ainda hoje odeio esse animal!

    Enfim, se Roma e Pavia não se fizeram num dia, já passaram cinco (5!)meses desde a altura em que a Sad do FC Porto enviou à CMVM o comunicado a informar que o novo treinador do clube seria Vítor Manuel de Oliveira Lopes Pereira. Cinco (5!) meses de sofrimento em que nem as paragens para os jogos das selecções melhoraram alguma coisa!

    Não é razão para odiar Vitor Pereira. O seu discurso tem sido sempre correcto para com o clube que lhe paga o ordenado e isso deve ser valorizado. Mas penso que está na hora do senhor Vitor Pereira meter a mão na consciência e aceitar que não é treinador para o FC Porto. Se gosta do clube, se é portista como diz, essa já não pode ser a sua cadeira de sonho. Por isso, peço-lhe senhor Vitor Pereira, tenha um gesto de humildade e demita-se. Por favor!

  • Ontem, eles foram Porto!
    Andebol
    F.C.Porto 23 - Benfica 22

    Hóquei em Patins
    F.C.Porto 7 - Liceo da Corunha 4

    Basquetebol
    F.C.Porto 87 - Terceira Basket 64
  • Enviar um comentário

    Pesquisar neste blogue

    Mensagens populares

    Subscrever / Email

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner

    Subscribe to PORTOGAL by Email

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
    Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
    tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista