Seja bem-vindo. Hoje é

11/07/13

Burro de Carvalho e a guerra que está perdida à nascença

Há uns anos atrás vi um filme sobre um tipo que tinha o sonho de chegar longe na politica mas nunca tinha conseguido ganhar grandes apoios até ao dia em que encontrou uns 'amigos' muito especiais. Com esses 'amigos', o José (peço desculpa mas não me lembro do verdadeiro nome dele) aprendeu a ser politico, a encontrar-se apenas com quem o podia ajudar, começou a vencer eleições, a ser conhecido e chegou ao poder.

Chegou também a altura dos 'amigos' cobrarem por todos os serviços prestados. E o José pagava, e pagava cada vez mais favores politicos. 

Não tinha amigos verdadeiros já que, pelo caminho, tinha sido obrigado a ver-se livre deles. Estava só, chantageado e resolveu revoltar-se contra quem o tinha levado ao poder. Novo erro. Se a ascenção durou alguns anos a queda durou poucas semanas. No final suicidou-se.

Não estou a tentar dizer que Burro de Carvalho se vai suicidar mas vai acabar mal. Entrou no futebol português de paraquedas e nem foi ele que saltou, foi empurrado. Não admira, portanto, que, para começar a pagar o apoio de quem o empurrou tenha imediatamente cortado relações com o FC Porto assim que chegou ao poder. Se o destino dos portistas é vencer, o do Burro de Carvalho éra começar uma guerra com o melhor clube português que está perdida à nascença.

Presidente de um clube na  falência e que nos últimos anos foi obrigado a vender todo o património que possuia para poder pagar aos bancos sem que a divida tivesse diminuido, Burro de Carvalho não devia ser tão arrogante nem entrar em guerra com quem sempre respeitou o Sporting, mesmo quando ficou provado que os seus dirigentes tinham ficheiros secretos de arbitros e familiares e compravam os que não se deixavam intimidar fazendo chantagem depois de depositarem alguns milhares de euros nas suas contas pessoais.

Errou. Não soube escolher os bons amigos, agora terá de assumir as responsabilidades.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista