Seja bem-vindo. Hoje é

14/10/06

Porque hoje é sábado...


Eu sei que já passou muito tempo e que a actualidade no FC Porto é um pouco diferente embora aqui e ali ainda existam feridas por sarar, mas como hoje é sábado e ontem à noite passei quase duas horas no msn a falar com um amigo que pertence aos Super Dragões sobre o papel das claques e o que os clubes ganham e perdem com elas sem termos chegado 100% a acordo, resolvi voltar a bater na mesma tecla.
Então é assim, na época passada as claques portistas resolveram fazer greve durante alguns jogos por não estarem de acordo com as ideias de Co Adriaanse mas também por não aceitarem os ataques de que estavam a ser alvos por parte da direcção. Umas vezes não cantavam, outras assobiavam e mandavam toda a gente para aquele sitio, outras ainda viravam as costas ao jogo e baixavam as bandeiras...E por isso critiquei a sua postura e voltaria a fazê-lo outra vez se fosse preciso. No entanto, outros apoiaram por acharem que as claques tinham o direito a actuar daquela maneira por sentirem que estavam a ser desrespeitadas, mas será mesmo assim? O dever de uma claque não é apoiar sempre o clube?
Esse meu amigo costuma dizer que não vai ao estádio para ver os jogos mas sim para apoiar a equipa porque, segundo ele, como grava todos os jogos do FC Porto não precisa de os ver em directo. Bem, quanto mim nem oito nem oitenta. Se alguém pertence a uma claque é, em principio, porque gosta de futebol e como tal não pode deixar de ver ao vivo e a cores os passes de trivela do Quaresma, as fintas do Anderson ou os cortes do Pepe. Falando por mim, não troco um jogo no sofá mesmo que seja em directo por um jogo nas bancadas. Não tem nada a ver, o ambiente dos grandes jogos não se encontra no sofá da sala. Não digo que o meu amigo não goste de futebol porque sei que gosta mais que eu, mas ao admitir que vê os jogos em diferido na televisão porque no estádio está mais preocupado com a bandeira ou com os cânticos parece-me um pouco exagerado. No entanto, deixou de acompanhar a claque na altura em que esta andava em greve por não concordar com os macacos da direcção e sobre esta posição já estou de acordo porque pior que ouvirmos as criticas quando um jogador falha um passe ou um golo é vermos uma claque inteira sentada, calada, demotivada, vencida e pior ainda, contra a própria equipa. Uma claque nunca se deve dar por vencida e deve apoiar sempre, é isso que dizem aos novos não é? Porque os elementos das claques podem e devem criticar a equipa no final dos jogos se acharem que ela merece mas durante os mesmos estão apenas a ajudar os adversários e não é esse o papel de uma claque. Pelo menos não é para isso que os clubes as ajudam financeiramente.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista