Seja bem-vindo. Hoje é

28/05/07

Festa dos Campeões

  • Na altura, tinha 13 anos de vida e embora tivesse apenas dois como portista, já vivia o FC Porto como se tivesse nascido dragão. E como vivi aquele jogo! Lembro-me como se fosse hoje de "pedir" ao Artur Jorge vezes sem conta para fazer entrar o Juary e de dizer ao meu pai quando o locutor da rádio (na altura já via o jogo pela televisão com o som da rádio como acontece agora) anunciou a entrada do pequeno brasileiro: - "Aí está o "rapidinho"! Calma que ainda vamos vencer o jogo!". Dito e feito.

    Todos falam imenso das jogadas sublimes do Futre ou do calcanhar do Madjer, mas quanto a mim a chave do sucesso esteve em Juary porque com a entrada dele a equipa percebeu que a ordem éra para atacar, Futre, Madjer & Ca começaram a dar espectáculo e os golos apareceram com toda a naturalidade. Foi o delirio!

    A vitória já não nos podia fugir e a confiança éra tanta que antes cinco minutos do apito final já estava na rua para festejar. A taça éra nossa e o champanhe com que os alemães prometeram festejar, teria de ser guardado para outra ocasião.

    Tinha combinado ir com alguns amigos ao Porto para festejarmos todos em conjunto caso o FC Porto fosse Campeão Europeu e foi isso que fizemos. Apanhamos o combóio que chegou à Invicta carregado de portistas e...foi o delirio total! A unica vez que tinha visto assim tanta gente aos abraços e beijos, foi no comicio do primeiro "1° de Maio" depois da queda da ditadura, numa altura em que as pessoas ainda acreditavam num Portugal justo, com uma imprensa honesta e livre, onde todos tivessem direito à habitação, saúde e trabalho. Infelizmente, tal nunca veio a acontecer ao contrário das conquistas do FC Porto que não se ficaram por Viena e chegaram ao topo do mundo. Por duas ocasiões.

    Primeira jornada:
    PSV Eindhoven 0-2 Bayern de Munich 0-2 e 0-0
    FC Porto 10-0 Rabat Ajax 9-0 e 1-0

    Segunda jornada:
    Bayern de Munich 3-1 FK Austria Vienne 2-0 e 1-1
    TJ Vitkovice 1-3 FC Porto 1-0 e 0-3

    Quartos de Final:
    Bayern de Munich 7-2 RSC Anderlecht 5-0 e 2-2
    FC Porto 2-1 Brøndby IF 1-0 e 1-1

    Meia Final
    Bayern de Munich 4-2 Real Madrid 4-1 e 0-1
    FC Porto 4-2 Dynamo Kiev 2-1 e 2-1

    Final:
    FC Porto 2-1 Bayern de Munich
    27 maio 1987
    Stade Prater, Vienne
    56 000 espectadores
    Golos: 24' Kögl 0-1, 77' Madjer 1-1, 79' Juary 2-1

    FC Porto: Mlynarczyk; Joao Pinto, Eduardo Luis, Celso, Inacio (Frasco); Quim (Juary), Magalhaes, Madjer, Sousa, Andre; Futre
    Treinador: Artur Jorge

    Bayern de Munich: Pfaff; Winklhofer, Nachtweih, Eder, Pflüger; Flick (Lunde), Brehme, Matthäus, M. Rummenigge; Hoeness, Kögl
    Treinador: Lattek

  • A carreira futebolistica de Vítor Baía chegou ao fim? Há quem diga que sim mas também quem diga que não. Eu vou pelo nim por acreditar que será a primeira hipótese que vai prevalecer, muito embora, com as pressões dos adeptos seja bem provável que o melhor guarda-redes português de todos os tempos se veja obrigado a vestir a camisola 99 mais uma época. Será?

  • Como se esperava, as televisões preferiram "abafar" a festa dos verdadeiros Campeões para apresentarem as três equipas de Lisboa (quatro se contarmos com a de arbitragem que esteve no estádio de Oeiras). Algo normal neste Portugal dos pequeninos onde Lisboa continua a ser a capital do império e o resto apenas paisagem como já acontecia no glorioso regime de Salazar. E continuará a ser enquanto não existir uma regionalização ao estilo do que acontece em alguns dos mais desenvolvidos paízes europeus. O que, infelizmente, não acredito que venha a acontecer na próxima década até porque ainda não esqueci que o povinho que terá a última palavra neste assunto é o mesmo que fez de Salazar o "grande português".

  • O PATO/Cartoon

    “Acções do Benfica já caíram 41,5%”
    (Título d’ O JOGO)

    Ó pai, é verdade?!!!

    É, mas ainda bem que caíram tanto porque assim já não podem cair muito mais


    Será que não? Caro António Tavares-Teles, olhe que por muito que um título tenha caído antes, existe sempre espaço para cair ainda mais...

  • Carlos Alberto Fernandes sobre o velho estádio de Oeiras
    "Da parte da PSP, o comentário repete-se todos os anos: ainda ontem a polícia lembrava, na divulgação do dispositivo de segurança da "operação Jamor", que "há estádios mais modernos e melhor apetrechados em matéria de conforto e protecção do público". A posição dos intervenientes neste jogo também é conhecida: Sporting e Belenenses lamentam, não apenas o insuficiente número de bilhetes recebidos, mas também a reduzida lotação do Estádio Nacional.

    Deveria seguir-se outra questão: quais os estádios portugueses que cumprem os requisitos expostos na argumentação das diversas entidades quando desaconselham o Jamor? E a resposta seria: apenas três. Luz, Dragão e Alvalade são os únicos que obedecem a todos os critérios, incluindo o da lotação "satisfatória" (só estes três acolhem mais adeptos do que o Estádio Nacional).

    Nesta ocasião, dificilmente os adeptos do Sporting aceitariam fazer este jogo na Luz ou no Dragão. É ainda menos crível que o Belenenses aceitasse Alvalade. Qual poderia ser a solução? Um eventual sistema (pré-definido) de rotatividade, com a final a realizar-se num destes estádios em cada época? É uma hipótese (entre várias outras) a discutir, quando a questão for seriamente equacionada."
  • Enviar um comentário

    Pesquisar neste blogue

    Mensagens populares

    Subscrever / Email

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner

    Subscribe to PORTOGAL by Email

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
    Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
    tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista