Seja bem-vindo. Hoje é

23/01/08

A leitura politica

  • Regressos:
    Hélder Barbosa (Académica)
    Rabiola (V. Guimarães)

  • Saídas:
    Edgar (empréstimo Académica)
    Hélder Postiga (empréstimo Panatinhaikos)
    Rui Pedro (empréstimo E. Amadora)

  • Luís Aguiar, anteriormente emprestado pelo FC Porto ao E.Amadora, foi emprestado à Académica

  • F.C. Porto garantiu a totalidade do passe de Lisandro ao comprar os restantes 50% dos direitos económicos do jogador pelo montante global de 4,429 milhões de euros.

  • Compra dos restantes 9% do passe de Ricardo Quaresma e renovação até 2011

  • Renovação de Raul Meireles até 2012

  • A leitura política
    ALCIDES FREIRE

    Se a leitura política contar para alguma coisa no futebol, se for verdade que um jogo é mais do que 22 jogadores que correm atrás de uma bola, se existir mais do que a leitura dessa corrida, então o FC Porto devia ser estudado pelo Governo. Se perante o "crash" da bolsa Sócrates limita-se ao discurso dos optimistas, o FC Porto deu o exemplo de como se faz quando o Mundo ameaça desabar debaixo dos pés. Em semana de clássico e em plena fase de mercado de transferências aberto, a opinião de Quaresma fez estremecer o universo portista. Até porque houve quem lesse nas entrelinhas do desabafo do "mustang" um discurso de despedida em passo de corrida. E é aqui que o Governo podia pôr os olhinhos no FC Porto. Se for preciso leva-se cartolina e marcadores de cor para que não percam nada da explicação. Mas é simples: menos palavras e mais acção. Ou em linguagem mais política, menos promessas e mais trabalho. Não fosse a opinião de Fernando Póvoas e não haveria palavras a lamentar entre o que Quaresma disse e o anúncio - aqui pode ler-se também acção - de que o seu contrato foi ampliado e que passou a pertencer em exclusivo ao FC Porto. Percebeu, Sócrates? Acção sim, palavras não. Acrescente-se ainda o nome de Raul Meireles para que nada falhe na resposta à pergunta: como falar menos e trabalhar mais? É claro que, se o Governo não se importar e sobrarem cadeiras na sala de aulas, pode igualmente convidar-se Luís Filipe Vieira, candidato a um mestrado sobre "ciclos", onde aprenderia que um campeonato não é um ciclo vitorioso. É um campeonato isolado
  • Enviar um comentário

    Pesquisar neste blogue

    Mensagens populares

    Subscrever / Email

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner

    Subscribe to PORTOGAL by Email

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
    Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
    tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista