Seja bem-vindo. Hoje é

20/09/09

Regresso ao passado 323 dias depois

  • Figueira da Foz, 1 de novembro de 2008. Tinha sido, diante da Naval, a última derrota do FC Porto para o campeonato, fez ontem 323 dias. Mas ainda me lembro como se fosse hoje, principalmente pelo entusiasmo que essa derrota causou nos anti-portistas e em alguns portistas que ainda não tinham perdoado a derrota em casa com o Leixões (2-3) na jornada anterior.

    E claro, tal como acontece sempre que o FC Porto perde, os «donos da verdade» criticaram a Sad e o seu Presidente, as dispensas e as contratações, afirmaram que o FC Porto tinha um treinador sem coragem, culparam metade do plantel e até chegaram a garantir que, sem Carlos Azenha, Jesualdo Ferreira nunca mais seria campeão. Erraram em toda a linha como já tinham errado nas épocas anteriores.

    Mas esta época vão cair no mesmo erro, porque esses adeptos não existem sem as criticas ao FC Porto (alguns até ganham a vida dessa maneira). Talvez com uma pequena diferença que terá a ver com Carlos Azenha porque a rápida passagem pelo Setúbal deve fazer com que desta vez fique de fora das comparações com Jesualdo Ferreira.

  • Regresso ao passado
    Jorge Maia n´O Jogo, novembro de 2008

    Há uma espécie de necessidade catártica ancestral e comum a quase todos os adeptos de futebol que exige o sacrifício de um bode expiatório quando as coisas correm mal. Por motivos óbvios, o treinador é quase sempre a escolha mais natural para a imolação, embora em muitos casos sirva fundamentalmente para expiar pecados alheios.

    O mau momento que o FC Porto atravessa agora não é diferente dos bons momentos que atravessou nas últimas épocas: tem vários responsáveis. Os dirigentes e as suas escolhas, os jogadores e as respectivas exibições e o treinador e as suas opções. Da mesma forma, a inversão do actual momento depende de todos. Das escolhas que os dirigentes façam nos próximos tempos, do rendimento dos jogadores, em particular nos jogos de hoje e de domingo, e das opções de Jesualdo Ferreira. Talvez para o treinador tudo seja um pouco mais urgente, mas depois de dois títulos consecutivos de campeão, Jesualdo Ferreira não tem muito mais a provar.
  • Enviar um comentário

    Pesquisar neste blogue

    Mensagens populares

    Subscrever / Email

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner

    Subscribe to PORTOGAL by Email

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
    Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
    tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista