Seja bem-vindo. Hoje é

20/08/12

Também pensava que éra assim, mas...

Em equipas como o FC Porto, com a sua fortíssima estrutura, os jogadores não podem estar a pensar se vão embora ou se ficam. O FC Porto tem uma dinâmica enraizada na sua estrutura há dezenas de anos.
Hernâni Gonçalves

Hernâni Gonçalves diz que os jogadores não podem estar a pensar se vão embora ou se ficam. É verdade. Mas os jogadores são pessoas, não são máquinas. E qualquer pessoa tem de ter prazer no que faz e não é isso que acontece desde que Vitor Pereira tomou o poder.

Basta voltarmos com o filme atrás e recordarmos o que já disseram Belluschi, Guarin, Alvaro Pereira, Iturbe, Sapunaru, Fucile ou Rolando, entre outros e como foram afastados da equipa embora os casos sejam diferentes uns dos outros. Foram todos culpados? E o treinador foi sempre uma vitima dos jogadores? Francamente não acredito, até porque os discursos não foram sempre os mesmos.

Outro insatisfeito: James Rodriguez. Já disse que gostava de jogar na posição 10 e que gostava de jogar em Espanha. A posição 10 talvez nunca a tenha com regularidade mas o campeonato dos nossos vizinhos é possivel que o venha a ter.

A verdade é que todos preferem sair. Para Espanha, Inglaterra, Itália...só não querem continuar no FC Porto. Será que pensam apenas no dinheiro e num campeonato melhor e mais honesto?

Enfim, antigamente os jogadores também tinham propostas milionárias mas gostavam do FC Porto e tentavam esquecer os convites, não é isso que acontece agora porque a estrutura do FC Porto está diferente para pior. E, por muito que este post faça parecer, a culpa não é apenas de Vitor Pereira. O nosso Presidente tem imensas culpas no cartório porque, para além de deixar que os roubos de igreja aconteçam em quase todas as jornadas, foi ele que o escolheu para suceder a André Villas-Boas e foi ele que o aguentou no final da época passada mesmo sabendo os problemas que existiram à volta da equipa e a forte pressão dos adeptos para que Vitor Pereira deixasse o clube.

Já sei, os apoiantes do actual treinador vão aproveitar para dizer que os dirigentes não podem tomar decisões a partir das pressões dos adeptos e têm razão. Mas este caso éra óbvio demais e custa-me acreditar que Pinto da Costa nunca tenha reparado que Vitor Pereira não tem pulso nem categoria para treinar uma grande equipa como o FC Porto.

Só mais uma coisa, já aqui disse e volto a repetir: Tirando o mafioso lavrador de Palmela, que de treinador nunca teve nada, nunca nenhum treinador mereceu tantas criticas da minha parte como tem acontecido com Vitor Pereira. Porque será?
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista