Seja bem-vindo. Hoje é

16/08/06

Outro mouro


Desde que António Nicolau de Almeida fundou o FC Porto a 28 de Setembro de 1893, já lá vão 113 anos, a secção de futebol sénior do clube contou com cerca de 4 dezenas de treinadores principais. Não foram muitos. Outros clubes com menos anos de vida tiveram muitos mais nas suas fileiras.

De entre os treinadores portugueses destaco José Maria Pedroto ou Zé do Boné como éra conhecido nas Antas. De discurso agressivo e sem papas na lingua, fez com Pinto da Costa uma dupla vencedora, que soube lutar contra o sistema da capital e dessa forma montar os alicerces para que o FC Porto se tornasse naquilo que é hoje, o maior clube português e um dos maiores da Europa.

Alicerces que Artur Jorge (uns anos antes tinha sido adjunto de Pedroto) soube aproveitar quando Pinto da Costa lhe pediu para tomar conta da equipa. Rotulado de mouro, a sua contratação foi vista com desconfiança por mim e pela grande maioria dos portistas. Estavamos enganados. Com o Rei Artur vencemos tudo o que havia a vencer em Portugal e fomos pela primeira vez campeões europeus. Um feito nunca antes conseguido por um treinador português.
"Não tenho dúvidas de qualquer espécie de que ao Artur Jorge não faltará onde trabalhar e que, em qualquer parte, triunfará. Mas também acredito que vai ser no FC Porto que ele acabará por ser revelar como um homem predestinado para a direcção e comando de equipas de futebol". (José Maria Pedroto, uns anos antes da final de Viena)

Outro treinador mouro a vencer algo no FC Porto foi Fernando Santos embora o Engenheiro do Penta também tivesse estragado a equipa que Bobby Robson e António Oliveira tinham construído na caminhada para o Penta. Saíu do FC Porto depois de uma enorme contestação dos sócios.

E depois veio outro mouro ou Mourinho ou lá como lhe quiserem chamar, para nos levar de novo ao topo do futebol europeu. Ex. tradutor de Bobby Robson, em duas épocas ao serviço do FC Porto venceu 2 campeonatos, 1 Taça de Portugal, 1 Supertaça, 1 Taça UEFA e 1 Champions League. Mais do que isto éra quase inpossível.

Desta vez calhou a Jesualdo Ferreira de mostrar o que vale. E como já tinha acontecido com outros treinadores, não estava na minha lista de preferências mas Pinto da Costa já nos provou que percebe mais disto que nós todos juntos portanto só temos de acreditar e dar ao novo treinador do FC Porto o tempo que ele precisar para que possa fazer um trabalho honesto e vitorioso.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista