Seja bem-vindo. Hoje é

05/09/06

Dois Portos

Numa das suas crónicas semanais no jornal A Bola, Miguel Sousa Tavares conseguiu descrever numa única frase o que é o FC Porto. Um clube de "Campeões no mundo, suspeitos nos arredores". Nem mais. É isto o FC Porto. Um clube que no mundo é admirado pelos títulos que conquistou e que nos arredores continua a ser perseguido por esta imprensa mafiosa adepta da segunda circular tal como acontecia nos gloriosos tempos da outra senhora.

Mas para além dos títulos que conquistou, o FC Porto é cada vez mais admirado pelo trabalho dos seus dirigentes. Profissionais que trabalham 24 horas por dia para que este clube continue a ser um dos mais respeitados a nível mundial, sem demagogias, primeiras páginas dos jornais à maneira da imprensa cor de rosa ou frases alarmantes que só interessam a quem gosta de ser manipulado. Sendo assim, não é por acaso que o FC Porto foi um dos clubes fundadores do G14 e passados seis anos desde a sua fundação, continua a ser o único clube português com representação nesta organização. Como também não é por acaso que Fernando Gomes, Administrador da SAD do FC Porto tenha sido eleito para continuar a fazer parte do Board do Forum de Clubes ao contrário do que chegou a ser noticiado. Segundo o jornal O Jogo, "o dirigente portista vai partilhar funções com Umberto Gandini, do Milan, Juan Laporta, do Barcelona, Peter Kenyon, do Chelsea, e Karl Heinz Rummenigge, do Bayern de Munique, este último na condição de presidente." Uma honra para Fernando Gomes e para quem trabalhar com ele. Mas isto é apenas uma parte do FC Porto.

Depois existe o outro FC Porto. O da imprensa da segunda circular que por mais que tente fica sempre a perder porque as feridas que nos causam tornam-nos ainda mais fortes. Porque "Portogal é uma nação!" E uma nação não se conquista com apenas três anos de investigação, dez agentes a tempo inteiro não contando com os que de vez em quando éram chamados a dar uma ajuda, uma quantidade louca de fotografias, centenas de horas de video e milhentas escutas telefónicas, tudo num total de um milhão de euros gastos à custa dos contribuintes. Nem com primeiras páginas dos jornais, directos na Tv ou insinuações que depois nunca são provadas. Para isso éra preciso que tivesse culpas no cartório e todos sabemos que não é o caso. Ou se quiserem até é, porque o FC Porto e os seus dirigentes são culpados por insistirem em ter o plantel mais caro mas também o mais rico do futebol português enquanto outros preferem os lugares na Liga e parecem velhas tontas quando os perdem.

Luís Castro: "Eu só venho ajudar a competência que existe, ajudar a formar campeões com a competência da estrutura do FC Porto".

Jorge Maia: O presidente da Comissão de Arbitragem, Luís Guilherme, ainda na última temporada viu o Benfica salvaguardar-lhe o direito de continuar a nomear os árbitros perante a iniciativa de alguns clubes de promover o regresso ao sorteio. Perante isto, nem seria preciso recordar as palavras de Luís Filipe Vieira quando, há alguns anos, declarou ser mais importante colocar as pessoas certas nos lugares certos da Liga do que contratar reforços para a equipa, mas, que diabo, recordemo-las. É esta Liga que o presidente do Benfica pretende condenar à extinção. Se há lá um polvo, há-de estar vermelho de aflição.
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista