Seja bem-vindo. Hoje é

22/11/07

A tacinha do regime salazarista? Não, obrigado.


  • Vamos jogar a Chaves. Se fosse Presidente do FC Porto dava ordens para que Jesualdo convocasse apenas os juniores nos jogos da tacinha, pelo menos enquanto o regime teimasse em disputar a final no Jamor. Não o fazendo, estava a entrar no jogo de quem tudo tem feito para acabar com a pouca democracia que ainda existe em Portugal. Por falar nisso, a equipa de Scolari está proibida de jogar naquele estádio. Porque será?

  • E porque será que o regime continua a não ter o minimo respeito pelos direitos de Pinto da Costa?

    Hoje, ficamos a saber pelo JN que "a equipa de investigação do Apito Dourado, coordenada pela procuradora Maria José Morgado, vai continuar a investigar o processo por alegada ofensa a pessoa colectiva, em que é arguido Pinto da Costa, presidente do F. C. Porto, por, na biografia "Luzes e Sombras de um Dragão", ter comparado o Ministério Público (MP) à PIDE. A decisão foi tomada por uma magistrada do grupo de Morgado, na sequência de um pedido de declaração de incompetência daquela equipa apresentado pelas jornalistas Felícia Cabrita e Ana Sofia Fonseca, também arguidas por terem sido autoras do livro. Em causa está principalmente o facto de Morgado ter sido a denunciante do caso ao procurador-geral da República".
    Quer dizer, como a senhora terrorista não gostou de ouvir umas verdades e fez queixa de Pinto da Costa e das duas jornalistas, ficou a ser parte interessada no caso. Sendo assim, seria natural que ficasse a ver o jogo da bancada. No entanto, tal não vai acontecer porque uma magistrada da equipa de Maria José Morgado pensa que não há necessidade. Aliás, (in)justiças destas já começam a ser mais que normais quando se trata de Pinto da Costa, pois no passado também aconteceu algo parecido aqui e aqui. "As autoras do biografia alegaram, ainda, que o procurador-geral da República, Pinto Monteiro, apenas conferiu poderes à equipa especial para investigar os processos do Apito Dourado instaurados até 14 de Dezembro do ano passado e não casos futuros. Porém, ao que sabe o JN, uma procuradora-adjunta rejeitou os dois argumentos. Respondeu que a equipa de coordenação não se sente lesada, já que com as declarações de Pinto da Costa - "Não estou para viver num país onde a revolução de Abril acabou com a PIDE para agora a ver substituída pelo MP" - ofendido terá sido o MP em geral. Sustentou ainda que o objecto do processo tem conexão com o "Apito" e que a ordem de Pinto Monteiro não está limitada no tempo." Claro que não. Já agora, uma pergunta muito simples: E o Dossiê "Tu, Luís...", está?
  • Enviar um comentário

    Pesquisar neste blogue

    Mensagens populares

    Subscrever / Email

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner

    Subscribe to PORTOGAL by Email

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

    2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
    Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
    tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista