Seja bem-vindo. Hoje é

15/05/08

General sem medo

Que termine o medo. Que não haja mais medo”.

Esta frase foi dita no dia 14 de Maio de 1958 por Humberto Delgado, diante de mais de 200 mil pessoas que de forma espontânea sairam à rua para defrontarem o regime fascista de Salazar. “Eis-me nesta Invicta cidade. A resposta a Salazar está dada nesta manifestação prestada por vós”. Disse ainda o general sem medo que, sete anos depois, seria assassinado pela policia politica (PIDE).

Oficialmente, a PIDE deslocou-se a Badajoz, em Espanha, não para matar mas para prender o general naquele fatídico dia de 13 de Fevereiro de 1965. “É tudo um novelo de mentiras”, continua a afirmar o neto do general. “Os portugueses merecem saber a verdade, merecem saber que a PIDE foi a Espanha para o matar e não para o prender”. E também que, ao contrário do que ficou provado em tribunal, que Humberto Delgado foi barbaramente espancado e não morto a tiro. “os juízes tinham uma afinidade política pró-salazarista e, portanto, não eram imparciais. Interessava-lhes passar a ideia de que Delgado foi morto a tiro porque isso permitiu fazer do autor material do alegado disparo, Casimiro Monteiro, o único bode expiatório do homicídio”.

E por isso o Governo Civil, a Câmara Municipal e a Fundação Humberto Delgado organizaram, ontem, um conjunto de celebrações e de actividades para recordarem o 14 de Maio de 1958.

Ainda não éra nascido mas sempre ouvi dizer, pela boca de quem esteve presente, que naquele dia podia aparecer toda a policia do mundo que nenhuma conseguia parar o povo do Porto, tal éra a fome de democracia que aquelas gentes tinham. E por isso foram para a rua lutar, sem medo, como tinha pedido Humberto Delgado.

Hoje, 50 anos depois, o Porto volta a ter medo, desta vez da actual PIDE, agora conhecida por MP, mas, ao contrário do que aconteceu no passado, o povo já não sai à rua para se manifestar embora continue a ter um general sem medo para ovacionar. Prefere ficar em casa a ver os telejornais do regime, o Trio d'Ataque, o Dia seguinte...E nos tempos livres ainda assiste a jogos de futebol no estádio preferido de Salazar. Com o general nas bancadas por estar proibido de se sentar na tribuna de honra. Até quando?

Para finalizar, mais uma frase de Humberto Delgado:
Não tenheis medo porque se não o tiveres será o tirano que terá medo
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue

Mensagens populares

Subscrever / Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Subscribe to PORTOGAL by Email

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!

2009/10: 92 dias e 18 jogos depois fez-se justiça!
Hulk e Sapunaru foram castigados com apenas 3 e 4 jogos.
tag cloud Portugal Top Estou no Blog.com.pt blogaqui? Assinar com Bloglines Futebol Português Eu sou Desportista